Você tem essas altas quantidades de pontos nos cartões de crédito, que os bancos estão pedindo, para ganhar os bônus de transferência?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

O post de hoje seria sobre a mais recente promoção de bônus de transferência do Smiles, onde você ganha 40.000 milhas, ao transferir 80.000 pontos de seu cartão de crédito, mediante o pagamento de R$ 9,90.

Mas resolvi mudar o foco desse artigo para um “problema” que tem se tornado recorrente: a alta quantidade de pontos que algumas promoções estão exigindo para se ganhar os bônus prometidos.

Todos os programas de fidelidade têm feito promoções em que, geralmente, os mais altos bônus são concedidos a quem transfere a maior quantidade de pontos dos cartões de crédito.

O próprio Smiles vive fazendo esse tipo de promoção. Você lê a chamada de uma promoção daquela dos 365 dias: compre 40.000 milhas por R$ 9,90, fica entusiasmado quando lê, mas, ao abrir a página da promoção, percebe que na verdade ela é restrita a quem estiver disposto a transferir mais de 80 mil pontos do cartão de crédito.

Smiles 40k

O Multiplus também seguiu essa onda. Ou melhor, segue. As porcentagens mais altas de bonificação, geralmente as de 30%, são concedidas apenas para quem transfere uma quantidade alta de pontos, digamos, acima de 80 mil pontos.

O Tudo Azul também segue a mesma linha, e, só para exemplificar, numa de suas últimas promoções, oferecia um bônus de 40% para clientes Bradesco que transferissem a partir de 25.000 pontos.

Nada contra essas promoções de bônus, é claro, pois, quanto mais bônus, melhor; mas, do jeito que estamos sendo “bombardeados” com tantas promoções de transferências, na verdade na prática poucos clientes acabam aproveitando as vantagens desses altos percentuais de bonificação. A grande maioria de nós já transferiu dos cartões de crédito tudo o que tinha que ser transferido.

Os bancos, paralelamente, têm dificultado cada vez mais as transferências de pontos, ao exigirem valores mínimos cada vez mais altos (10k, 15k e até 20k) para as transferências.

Minha sugestão para os programas de fidelidade é que eles ampliem o alcance dessas promoções, diminuindo a quantidade mínima de pontos exigidos para o cliente se beneficiar dos bônus de transferências. Sei que é uma sugestão difícil de ser implementada, mas a cia. aérea que a implementar sairá na frente, e ganhará pontos com os clientes. 😉

Conclusão

Eu mesmo já praticamente raspei o saldo de pontos que tinha nas minhas contas de programas de cartões de crédito, aproveitando principalmente as promoções de bônus de 100%, de modo que dificilmente conseguiria aproveitar qualquer uma dessas novas promoções.

E vocês? Têm conseguido aproveitar todas essas promoções de bônus de transferências?

3 Comments

  1. Cristiano Andrade 28/07/2015 at 09:19 #

    Olha, estou sendo bem seletivo para transferir meus pontos. Concentro meus gastos no Amex (o que me dá 2,2 pontos por dólar, que pode virar até 4,4 se pegar uma transferência de 100%) e como os pontos não expiram não tenho pressa para transferir.
    Meu segundo cartão é do Itaú (que me dá 2 pontos por dólar) que sempre o problema da conversão (apenas o Tudo Azul mantém a taxa do 1:1, imagino que continue assim devido ao Itaú ser o emissor do cartão bandeirado da Azul) e raspei o saldo na última transferência com 100% de bônus (assim virou 4 pontos por dólar).
    Como a minha viagem de férias desse ano já está toda emitida, tenho mais de um ano para emitir as próximas férias (e talvez não precise dessas milhas pela quantidade de pontos de vôos que tenho e do destino que pretendo no ano que vem), vou aguardar uma promoção com 100% de bônus no Amex que possa ser interessante (pode ser Azul ou Tap que costumam fazer 1 ou 2 vezes por anos essas promoções). Fiquei “tentado” a transferir com 100% de bônus para o Amigo Avianca (mas como não vôo de Avianca, dependeria apenas de pontos de cartão para emitir minhas passagens prêmio) ou 70% da Azul também no dia 20 e 21. Resolvi esperar…
    Resumo: acho que o segredo é esperar o momento certo e tentar atrelar aos seus objetivos de viagem.

  2. Tlars22 28/07/2015 at 16:47 #

    Estão todos limpando as contas p/ transferências no TudoAzul;
    Aproveitei as 2 promoções de 100% que tiveram e estou apostando as minhas fichas na parceria com United.
    Agora é só aguardar e esperar … muito em breve espero emitir uma passagem pra terra do Tio Sam estreando a Global First da United direto do B77-200.

  3. SwineOne 29/07/2015 at 09:34 #

    Guilherme,

    Gostaria de aproveitar para registrar que o HSBC está simplesmente caindo aos pedaços. Pelo jeito a notícia da venda desanimou todo mundo por lá, e decidiram acabar com qualquer atratividade do banco de vez.

    Em particular, cito as duas coisas que mais me afetaram: a transferência de pontos para a Accor Hotels está fora do ar há pelo menos um mês e meio (embora, ao entrar em contato com eles, receba a informação que é uma “inconsistência pontual” que “já fora [sic] regularizada”). Na verdade acho que a parceria foi encerrada, mas não estão orientando os pobres coitados do call center. E em segundo lugar, antes conseguia CDBs com 98% do CDI mesmo para valores baixos de aplicação, mas agora isso caiu para 93% do CDI.

    Estou decidido a trocar de banco, e aproveito para deixar uma pergunta para você e os leitores do blog: qual banco hoje oferece um bom cartão de crédito, com boa pontuação e cotação do dólar, a baixo custo (ou que pelo menos permita negociar fortemente a anuidade na prática), e que não exija um pacote mensal de tarifas do banco que custe uma fortuna? Pelo que pesquisei o Santander parece ser a melhor opção.

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×