Tudo Azul vai se integrar ao Mileage Plus, da United Airlines. Será que agora vai?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Deu na Folha de S. Paulo: a United Airlines comprou 5% da Azul, e ambas as empresas irão integrar a malha aérea.

Azul United

A própria Azul lançou um comunicado à imprensa dizendo o seguinte:

São Paulo, 26 de junho de 2015 – A Azul Linhas Aéreas Brasileiras e a United Airlines celebram hoje uma parceria estratégica de longo prazo, na qual a companhia norte-americana investiu US$ 100 milhões por 5% do valor econômico da aérea brasileira.

O investimento inclui um acordo de codeshare, em que as empresas compartilharão rotas entre o Brasil e os Estados Unidos, além de outros destinos no mundo. Esse acordo deverá passar pela aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Além disso, a United passa a contar com um membro no Conselho de Administração da Azul, o que promoverá intercâmbio de melhores práticas, avaliação de oportunidades de sinergias e iniciativas estratégicas.

Abrangência e comodidade

A parceria entre as empresas facilitará o acesso dos brasileiros às mais diversas localidades dos Estados Unidos e outros países servidos pela United. Juntas, as empresas poderão oferecer ligações para mais de 450 destinos e mais de seis mil voos diários.

“Isso será muito bom para nossos Clientes. Com essa parceria, eles poderão ir de Santos Dumont a Chicago ou de Porto Alegre a Las Vegas, por exemplo. Tudo porque a United Airlines é uma das maiores e melhores companhias aéreas do mundo”, afirma David Neeleman, fundador e CEO da Azul.

“O Brasil é um mercado importante em nossa malha de voos internacionais e esta parceria reforça nossa presença no país”, diz Jim Compton, vice Chairman e CRO da United Airlines. “Juntas, vamos oferecer aos nossos clientes mais conectividade e conveniência dentro e fora do país”, conclui Compton.

Mais vantagens para os Clientes da Azul e United

Os programas de fidelidade TudoAzul e MileagePlus terão benefícios ampliados por conta do acordo entre Azul e United.

O primeiro deles é o acúmulo e o resgate bilaterais, isto é, os Clientes poderão acumular pontos para o TudoAzul voando de United, assim como Clientes MileagePlus poderão acumular pontos voando de Azul.  David complementa: “o mais importante é que eles também poderão usar seus pontos TudoAzul para voar para qualquer destino servido pela United no mundo.”

Por meio da parceria, Clientes TudoAzul irão ainda receber pontos qualificáveis em voos da United, acelerando assim, a conquista de categorias como Safira e Diamante.

Conclusão

A parceria sem dúvida é um avanço e tanto para quem é cliente da Azul e pretende usar os voos no metal United para acumular/resgatar pontos.

Contudo, o ideal seria mesmo que a Azul ingressasse oficialmente na Star Alliance, e principalmente que os pontos Tudo Azul pudessem ser utilizados para resgatar prêmios em outras empresas da Star Alliance, como Singapore Airlines, Lufthansa, Turkish Airlines, Swiss, Thai Airways e TAP, utilizando o mecanismo de resgate online da própria United.

De qualquer maneira, esse talvez seja o primeiro passo para que o Tudo Azul leve finalmente um “bom puxão de orelha” dos executivos das empresas aéreas estrangeiras, e passe a adotar uma tabela de resgates, que seja decente, confiável, previsível e segura, coisa que eu reclamo há tempos aqui no blog.

2 Comments

  1. Otello b Jr 15/07/2015 at 23:10 #

    Concordo plenamente, acho que a Azul deveria se tornar star alliance e que a tudo azul virasse milhagens plus, com isso a pontuação não iria expirar mais pois a milagre plus não expira se houver crédito ou débito na conta de milhas dentro de 18 meses

    • Guilherme 16/07/2015 at 12:43 #

      Isso mesmo, Otello, a Azul deveria se tornar Star Alliance o quanto antes.

      Quanto ao Tudo Azul virar Mileage Plus, acho difícil acontecer. O máximo que poderia acontecer é uma possibilidade de intercâmbio de pontos entre os programas, caso a Azul e a United fizessem uma fusão, tal qual a British fez com a Iberia, que permite a combinação de Avios entre os programas.

      Abç

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×