Casal de turistas é vítima de golpe e tem etiqueta de mala trocada no Aeroporto de Guarulhos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Duas pessoas que prestavam serviços no aeroporto de Guarulhos foram contratadas por traficantes para colocarem drogas em altas quantidades nas malas de dois passageiros, bem longe da vista deles, mas não da polícia, obviamente, que descobriu tudo e prendeu os bandidos.

Malas GRU

A íntegra da notícia, bem como o vídeo da reportagem no Jornal Nacional da Globo, podem ser obtidas aqui.

Conclusão

Lamentável toda essa situação. Mas as investigações devem continuar, inclusive com o apoio da Interpol e da Polícia Federal de Portugal, a fim de identificar, prender, indiciar, processar, julgar, condenar e colocar atrás das grades quem seria a(s) pessoa(s) que retiraria(m) a mala suspeita em Portugal. Duas hipóteses me ocorrem: (a) ou alguém que estava embarcando no mesmo voo; ou (b) um funcionário do aeroporto de Lisboa, com responsabilidade e capacidade de pegar a mala antes de ela ir para a esteira.

De qualquer forma, a punição a esses bandidos deve ser rigorosa, nos exatos termos da Lei de Drogas.

E a concessionária do aeroporto deve também agir com rigor sobre a empresa, abrindo um procedimento administrativo a fim de apurar até que ponto a empresa que presta esse tipo de serviço é confiável.

2 Comments

  1. Carlos 12/04/2015 at 21:23 #

    Excelente post, não havia visto/lido nada a respeito. Agora, imagine se a diferença de peso não fosse significativa, ou que a mala tivesse embarcado e eles fossem presos em Portugal, alguém ia acreditar nesta história? Acho isto extremamente grave e uma situação perfeita para danos morais polpudos, eu acho que não conseguiria seguir viagem depois dessa.
    E será que este foi a primeira vez?

    • Guilherme 12/04/2015 at 21:30 #

      Obrigado, Carlos!

      Pois é, o caso é gravíssimo, e enseja sim, indenização por danos morais em valores proporcionais à gravidade do fato, ou seja, elevados.

      Não sei dizer se é a primeira vez.

      O fato é que a PF faz um pente-fino em todas as malas antes delas irem para os porões das aeronaves, e depois de a empresa terceirizada manusear as malas, então, a probabilidade de alguma coisa desse tipo embarcar é bastante remota.

      Abç

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×