[Exclusivo!] Boa notícia: American Airlines não cobra mais taxas de emissão por telefone (USD 35) de prêmios que não podem ser resgatados online

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Mais uma notícia exclusiva e em primeira mão em língua portuguesa dada para nossos leitores!

Quebrando uma série de notícias ruins oriundas de programas de recompensas de cartões de crédito brasileiros, eis uma notícia boa, para refrescar essa semana: a American Airlines não irá cobrar mais a taxa de emissão por telefone de prêmios AAdvantage que não podem ser resgatados online.

Dizendo isso em outros termos: hoje, existem duas categorias de prêmios quanto à possibilidade de emissão online: (a) passagens aéreas que podem ser resgatadas com milhas AAdvantage no site da AA.com; e (b) passagens aéreas que não podem ser resgatadas online, devendo sua emissão ser obrigatoriamente realizada pelo call center.

As passagens-prêmio do grupo (a) incluem, obviamente, aquelas que podem ser resgatadas para voos na própria American Airlines, mas também prêmios em algumas cias. aéreas parceiras, dentre as quais destacamos: US Airways, airberlin, Alaska, British Airways, Finnair, Hawaiian, Qantas, e Royal Jordanian.

Já as passagens-prêmio do grupo (b) incluem todas as demais, como Cathay Pacific, Etihad, Japan Airlines, LAN e TAM.

Para as passagens-prêmio desse segundo grupo, que não podem ser resgatadas online, não haverá mais a cobrança da taxa de emissão por telefone, de USD 40.

Por outro lado, haverá um incremento de USD 5 para a emissão de prêmios por telefone que podem ser realizados no site da AA – lembrando que clientes Executive Platinum podem resgatar milhas por telefone para voarem em qualquer cia. elegível ao resgate sem cobrança de taxa alguma.

AA

Lembrando que, se você comprar os bilhetes com milhas com menos de 21 dias antes da partida, será cobrada uma taxa adicional de USD 75, exceto se for membro Executive Platinum, Platinum ou Gold do AAdvantage:

Taxas AA

A mudança é especialmente útil para quem usa milhas AAdvantage para voos TAM dentro do Brasil, uma vez que não é possível emitir passagens voando TAM no site da AA. Além disso, para compras “em cima da hora” (menos de 21 dias da partida) para clientes AAdvantage com status Gol para cima, também não será cobrada a taxa de USD 75.

Mais informações no site da AA.

Conclusão

Parabéns à AA por mais essa mudança positiva no AAdvantage. Enquanto assistimos, horrorizados, ao desmantelamento e à decadência generalizada dos programas de cartões de crédito e de milhagens nacionais (e estrangeiros também, vide o caso do Executive Club da British Airways), é bom saber que ainda há programas de milhagens preocupados em melhorar os benefícios para seus clientes.

2 Comments

  1. Rodrigo Resende 06/02/2015 at 13:59 #

    É isso o que deveriam fazer outros programas de milhagem nacionais. Só faz sentido a cobrança quando o serviço poderia ser feito por conta própria no site, mas o passageiro quis ter a regalia de ter alguém para fazer pra ele. É lamentável que as nacionais, principalmente a TAM, ainda não acordou pra isso. Mais uma vez, ponto pra American!

    • Guilherme 06/02/2015 at 18:29 #

      Exato Rodrigo!

      É por isso que prefiro os programas estrangeiros de milhagens: mais transparentes e mais justos.

      Abç!

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×