Alerta! Leitores estão tendo seus cartões Mastercard Black da Caixa clonados!

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 1 Flares ×

Recebi do leitor Diego uma mensagem que servem de alerta a todos os que possuem cartões de crédito Mastercard Black emitidos pela Caixa Econômica Federal: o cartão dele foi clonado e utilizado para compras fraudulentas. Pior: apesar de ter feito a contestação junto à Caixa, esta empresa está se negando a estornar os valores que foram fraudulentamente subtraídos de seu cartão.

Caixa Black

Eis o relato dele, que transcrevo abaixo, omitindo apenas alguns dados necessários para a preservação de sua privacidade:

“Venho, hoje, comunicar algo muito desagradável: eu e inúmeros outros clientes “Black” da Caixa Econômica Federal – ao que parece, TODOS os Black – tivemos nossos cartões de crédito clonados, não obstante equipados com chip. Os criminosos – ao que tudo indica, funcionários da Caixa ou da Orbitall, terceirizada que emite os cartões – obtiveram também nossas senhas, e realizaram uma série de compras de valor altíssimo em empresas diversas, especialmente um tal NOVO ATACADO.
.
Não obstante a existência óbvia de fraude, a Caixa a nega, e não só deixa de tomar qualquer providência para evitar novas compras fraudulentas – eu, por exemplo, tive mais de 22 mil reais em compras fraudulentas no NOVO ATACADO mais de 10 dias após os primeiros relatos de fraude usando essa empresa e a CEF aparecerem -, e vem RECUSANDO O ESTORNO das compras a todos os clientes, usando o espúrio argumento “só quem tem a senha é o titular”.
.
Assim, a situação é a seguinte: nós, clientes de alta renda, nos vemos com “dívidas” no cartão da Caixa superiores a 20k ou 30k, e nada podemos fazer junto ao banco. é trágico, amigo, é trágico; está muito difícil de suportar essa situação, até porque eu não tenho de onde tirar todo esse dinheiro que me foi roubado.
.
Bem, gostaria de noticiar a ti o ocorrido e sugerir a realização de reportagem a respeito, para conscientizar todos de que, hoje, é um enorme risco ter qualquer produto da Caixa, especialmente cartões de crédito.”

Caso mais algum leitor tenha tido problemas de cartões clonados, e queira entrar em contato com o leitor Diego, favor enviar uma mensagem para o email que se encontra nessa página de contato, para que eu a encaminhe para o leitor Diego.

Um caso recente de clonagem de cartões da Caixa: condenação, na Justiça Federal, de 17 réus por crimes de estelionato, peculato ou falsificação de documentos públicos.

Infelizmente, essa não é a primeira vez que cartões da Caixa são clonados. Conforme vislumbramos na notícia abaixo, uma quadrilha foi condenada pela Justiça Federal, no mês passado, por esse tipo de prática:

“A 12ª Vara Federal condenou 17 pessoas acusadas de desviar e vender mais de 1 mil cartões de crédito e débito que eram extraviados de correspondências enviadas aos Correios. Esquema denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) tinha participação de servidores da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) e de um policial civil, gerando prejuízo superior a R$ 2 milhões, conforme divulgado nesta terça-feira, 19.

Os 17 condenados foram capturados pela operação Olho de Boi, da Polícia Federal, e cumprirão penas pelos crimes de estelionato, peculato ou falsificação de documentos públicos. De acordo com a denúncia, a fraude deles provocou prejuízo financeiro de R$ 2.139.687,46 aos clientes titulares dos cartões de crédito desviados; à Caixa Econômica Federal, que tem de ressarcir aos clientes lesados; a outros bancos comerciais; e à ECT, responsável pela entrega dos cartões aos clientes e de onde partiu parte da fraude.

Segundo Edmac, o grupo utilizava documentos falsos confeccionados por outro denunciado. “Por último, eram adquiridas mercadorias no comércio local utilizando-se desses cartões desviados, para posterior revenda por preço mais baixo do que o usual”, explicou o procurador. A ação tinha início quando os funcionários dos Correios desviavam os cartões. Depois, o material era repassado ao restante da quadrilha mediamente pagamento.

Novas ações

Além da ação recém-julgada, o MPF entrou com duas novas denúncias contra cartãozeiros, totalizando 27 novos réus. As ações penais, assinadas pelos procuradores da República Edmac Trigueiro e Luiz Carlos Oliveira Júnior, tramitam na Justiça Federal e são resultado das operações Príncipe Imperial e Malibu, ambas deflagradas pela Polícia Federal.

Entre os réus, estão comerciantes e estelionatários reincidentes que atuavam no Ceará, Rondônia, Maranhão, Rio de Janeiro, Goiás, Distrito Federal, São Paulo e Roraima, segundo apontaram documentos apreendidos durante as operações Malibu e Príncipe Imperial.

Segundo o MPF, os grupos são especializados na clonagem de cartões de crédito e débito por meio da ferramenta “chupa-cabras”, ou na apropriação de cartões bancários de terceiros pelos Correios. Os acusados usavam os cartões clonados ou desviados para fazer compras em estabelecimentos comerciais e em saques feitos em terminais e convênios lotéricos”.

Fonte: http://www.opovo.com.br/app/fortaleza/2014/08/19/noticiafortaleza,3300526/acusados-de-clonar-cartoes-no-ceara-sao-condenados.shtml

Conclusão

Esperamos que a Caixa Econômica Federal tome todas as providências que se fizerem necessárias para apurar as fraudes e punir os responsáveis. Ao que tudo indica, será necessário o auxílio da Polícia e do Ministério Público, pois as evidências apontam para a existência de uma quadrilha organizada e especializada nesse tipo de fraude, possivelmente com a conivência de algum empregado da Orbitall ou da Caixa Econômica Federal, o que faz com que as investigações tenham que tramitar necessariamente no âmbito da Polícia Federal e, judicialmente, na Justiça Federal.

Presto aqui minha solidariedade a todos os que foram vítimas dessa fraude, e torço para que todos que foram lesados tenham restaurados seus direitos o mais breve possível.

Tagged as: ,

75 Comments

  1. Renato C 16/09/2014 at 02:12 #

    Parece que é algo generalizado e sistemático para com os cartões Caixa.

    Em fóruns de Internet, há dezenas de prejudicados, realmente foi algo assombroso o vazamento de informações de cartões e de clonagens.

    Quem tem cartão Caixa deve ficar atento aos lançamentos feitos em sua fatura.

    • Guilherme 16/09/2014 at 09:50 #

      Verdade, Renato!

    • Martinho 27/09/2014 at 07:25 #

      Também tive meu cartão da Caixa Mastercard Platinum clonado. Fizeram compras em S. André e São Paulo no dia 28 de Agosto sem que eu estivesse estado lá, no valor de 10 mil, em estabelecimentos desconhecidos. A Caixa se nega em extornar os valores indevidos pois argumenta que a compra foi feita com minha presença e mediante senha. Temos que agir em conjunto, pois tudo indica que a fraude está acontecendo dentro da própria administradora do cartão. No mesmo dia fiz compra em Campinas e tenho o recibo do cartão. Quero sabe o horário em que o cartão clonado foi usado em S.Paulo, mas eles dizem não ter esta informação, pois eu poderia provar que não poderia estar em lugares diferentes ao mesmo tempo.

    • SILVANI BATISTA DA SILVA 19/01/2015 at 18:27 #

      Tambem tive meu cartão de credito master gold da caixa clonado, bloquearam meu cartão e não creditaram a totalidade das compras não reconhecidas, faltam R$ 2.000,00, ligo na central do cartão, fazem de conta que a ligação cai e desligam muitas vezes isso aconteceu só no dia de hoje foram 04 ligações, péssimo atendimento, não adquiram cartões emitidos pela cxa, certeza de fraude , caixa vc está me dando nojo.

  2. Ricardo 16/09/2014 at 20:24 #

    Guilherme,
    O problema também está ocorrendo com o Visa Infinite. Ontem recebi um telegrama da Caixa avisando que meu cartão havia sido bloqueado por transações suspeitas. Gastaram em torno de R$ 20.000,00 em lojas físicas de SP (moro no interior do RS), já entrei em contato e já enviei o formulário contestando as transações. Imagino que no meu caso não terei problemas, já que as transações suspeitas foram detectadas pela própria Caixa. Tenho fortes suspeitas que meu cartão foi clonado nessas máquinas de saque da rede 24h.
    Um abraço!

  3. Christiano 17/09/2014 at 08:48 #

    Também tive meu cartão mastercard black clonado com compras efetuadas em 01/09, e obtive a mesma resposta co Call Center, que as compras foram realizadas com o cartão com chip e senha e que a responsabilidade é minha, moro no interior estava na minha cidade e as compras foram realizadas em SP capital, indignado!!!!

  4. Yuri 17/09/2014 at 15:00 #

    Também tive meu cartão Caixa MasterCard Black clonado.
    O pior é que mesmo com várias compras de alto valor em São Paulo (SP) e Goiania (GO), [moro em Brasília], todas entre os dias 11 e 12/09/2014, a Caixa sequer me ligou para verificar se sou eu mesmo que ando comprando tudo isso.
    Fizeram pelo menos 3 compras de aproximadamente R$ 9.000,00 com meu cartão, em 10 parcelas, e outras compras menores entre R$ 100,00 e R$ 500,00.

    Fiz a contestação formal ontem, enviando email para a Orbitall. Hoje entrei em contato com a Central de Atendimento da Caixa, e o atendente me informou que já havia uma resposta do analista, do dia 15/09 (anterior a minha contestação), dizendo que os valores não seriam estornados, porque as compras foram feitas “com senha”.
    Estou indo agora na delegacia fazer um B.O., e aguardar o contato de alguém da Orbitall.

  5. Ricardo 17/09/2014 at 21:10 #

    Guilherme, acho que quanto mais divulgação desse caso melhor, então se não for pedir muito, não teria como você divulgar o que está ocorrendo no Valores Reais?? Acho que ajudaria aos atingidos e serveria de alerta para os demais. Desde já agradeço.

    Um abraço,
    Ricardo

  6. Guilherme 17/09/2014 at 21:39 #

    Ricardo, Yuri e Christiano,

    Vou fazer a divulgação no blog Valores Reais também. Os casos estão tomando proporções assustadoramente altas.

    Abç

    • Ricardo 17/09/2014 at 22:13 #

      Guilherme. Valeu pela força !

      Ricardo

  7. Gustavo 17/09/2014 at 23:42 #

    Boa noite,

    Acredito que tenha havido algum vazamento grande de informações da Caixa, e o mais impressionante é que a mesma não está fazendo nada a respeito, jogando o ônus do risco para o cliente.
    Também tive meu cartão clonado, um Master platinum, com gastos de R$ 1500,00 (R & W Equipamentos) e R$2000,00 (Pizzaria Jacarepaguá). Além disso houve tentativa de passar mais R$ 2000,00 no meu Visa Platinum, só que esta compra não foi aprovada. Há um padrão que está acontecendo com vários cartões da Caixa:

    – Cartões platinum pra cima
    – Gastos grandes em locais incomuns (2k numa pizzaria, 8k no açougue)
    – Alguns gastos nos mesmos locais com cartões clonados diferentes
    – Compras concentradas em SP e RJ
    – Alguns cartões clonados quase sem uso (como conseguiriam clonar o chip e senha dum cartão sem uso???)

    Deve ter alguma inteligência na Caixa que verifica esse padrão, para ver que se trata de uma fraude das grandes!

    Temos que nos juntar para mostrar para a Caixa que há um padrão nessa fraude. O mínimo que a Caixa deveria fazer seria estornar esses valores, mas pelo histórico acho q ninguém conseguiu ainda. Não é possível que eles ainda não tenham percebido que se trata de algo generalizado!!! 😯 😯

    • Renata 14/10/2014 at 01:08 #

      Eu também tive um cartão de crédito clonado agora no mês de setembro/2014, só que o meu é Master Gold.Moro em Campo Grande/MS e as compras foram feitas em cidades do Rio de Janeiro. Já estornaram a maioria das compras, mas ainda faltam 2, as de maiores valores R$ 5.000,00 e 8.000,00.
      Tenho uma amiga que tb teve o cartão da Caixa clonado, mas as compras dela já foram estornadas.
      O que me deixa mais indignada é que as compras não reconhecidas sozinhas “estouram”o limite do cartão e por mais “fora do padrão”que sejam as compras, não entraram em contato nenhuma vez para confirmar se as compras estavam sendo realizadas por mim.
      Apenas dois dias depois de “aparecer”o lançamento na fatura é que a Central de Atendimento me ligou para averiguar se as compras tinham feitas por mim… ou seja, depois de autorizadas…
      Também cheguei a desconfiar que pode haver algum tipo de participação de funcionários da operadora…
      Também alegaram que as compras foram realizadas mediante senha, porque o cartão tem chip, mas eu quero ver eles provarem que eu estive presente nos locais das compras e utilizei o cartão, afinal de contas, conforme o Código de Defesa do Consumidor, o ônus da prova é da empresa e não cliente. E claro, espero ansiosamente que eles me “negativem” no sistema de proteção ao crédito, porque aí sim, a indenização vai valer a penar a dor de cabeça e a encheção de saco que vai ser entrar com a ação na Justiça. Agora é esperar! Mas também acho que tem que denunciar e dar publicidade ao caso!

      • Valeria 20/01/2015 at 12:35 #

        Renata, como ficou sua situação? Meu filho está passando por isso, a CAIXA mandou pra ele em 24/10/2014 um cartão, nunca foi usado, em 27/12 surpresa, cobrança da CAIXA , eles fizeram um cartão adicionAL para um individuo desconhecido, um endereço desconhecido, senha desconhecida, e esse cartão foi usado antes mesmo do meu filho ter recebido o dele. Dívida de R$6.000,00, estamos lutando para tirar o nome do SERASA mas está difícil, teremos que entrar com processo junto a CAIXA, e por conta disso estamos tendo prejuízos financeiros, pois temos conta jurídica na CAIXA e está está barrada. Um cartão que não foi solicitado nos trazendo uma baita dor de cabeça.

  8. Vitor 18/09/2014 at 15:27 #

    Tive meu MC Black da Caixa clonado essa semana. Foram feitas duas compras de 5000 e 14000 num estabelecimento chamado varanda caipira que eu desconheço o que seja. Estranho é que esse tipo de transação é totalmente incompatível com o meu padrão de uso e ultrapassou o limite disponível no meu cartão e a Caixa não bloqueou . So descobri pq fui passar o cartao na padaria que sempre vou e uma compra de 20,00 não foi autorizada.

  9. Rafael 18/09/2014 at 22:28 #

    Sou proprietário de um Platinum também clonado, com compras utilizando chip e senha e outras utilizando a tarja magnética ( informações da atendente da caixa ), nesse momento a contestação está em analise na caixa ou na orbitall, as compras mais altas foram realizadas em lojas do Osasco Plaza Shopping, sendo meu caso mais recente que dos relatos que tenho lido (dia 13/09).

    • danieldantas10@hotmail.com 26/08/2015 at 16:55 #

      Ola Rafael,
      Usaram 1600 do meu cartão de crédito em Carapicuiba e no Osasco Plaza Shopping.
      Como ficou o seu caso?
      A Caixa acaba de me responder que as compras não serão excluidas pois foram feita mediante senha pessoal.

  10. MARJORY 18/09/2014 at 23:00 #

    AI QUE TERRÍVEL GENTE!!!
    EU TO DESESPERADA EU TIVE MEU CARTÃO CLONADO E DESCOBRI HOJE.
    ESTOU COM VIAGEM MARCADA PARA EUROPA, TINHA O CARTÃO ZERADO SEM DIVIDAS PARA USAR NA VIAGEM, É UM CARTÃO GOLD TURISMO, E SIMPLESMENTE ESTA SEM SALDO, FORAM FEITAS COMPRAS GRANDES EM SP, UMA VEZ QUE MORO NA BAHIA TO DESESPERADA, ESTOU COM VIAGEM MARCADA. AMANHA VOU FAZER O B.O, JÁ ESTOU CM A CARTA QUE VOU LEVAR AO BANCO E DEUS NÓS AJUDE.FOI BOM SABER DESSE BLOG, VOU IMPRIMIR E LEVAR E ANEXAR PARA SABEREM QUE ESTA HAVENDO COM FREQUÊNCIA.

    • danieldantas10@hotmail.com 26/08/2015 at 16:54 #

      Ola Rafael,
      Usaram 1600 do meu cartão de crédito em Carapicuiba e no Osasco Plaza Shopping.
      Como ficou o seu caso?
      A Caixa acaba de me responder que as compras não serão excluidas pois foram feita mediante senha pessoal.

  11. Eric 20/09/2014 at 16:00 #

    Eu tb tive meu cartão mastercard black da caixa clonado. Minha sorte foi que na mesma semana eu tinha me cadastrado no mastercard in control e recebi o alerta no celular na hora da compra. Liguei imediatamente na central e cancelei o cartão. Não deu tempo nem de a compra ser autorizada, o que me poupou de um grande aborrecimento. Sugiro a todos que cadastrem seus cartões no mastercard in control para minimizar os prejuízos em caso de fraude.

  12. Joao 22/09/2014 at 13:02 #

    Eu tive meu caixa clonado em 55 mil reais. 3 compras seguidas na empresa ferreira e sousa. Eles também não querem estornar pois dizem que a compra foi com chip e senha. Absurdo

  13. Taciano 22/09/2014 at 22:50 #

    É impressionante o que está acontecendo com absolutamente todos os clientes possuidores de tal cartão e, a operadora não dá um posicionamento. Aos que ainda não foram lesados, liguem imediatamente para bloquear seu devido cartão até esse problema de grandes proporções serem resolvidos.

  14. Rafael 22/09/2014 at 23:36 #

    Hoje atualizaram minha fatura, as compras efetuadas com a tarja magnética entraram como crédito, as com chip e senha foram indeferidas, ouvi do supervisor do call center que provavelmente seriam indeferidas novamente caso reabra o processo.

  15. daniela 23/09/2014 at 01:27 #

    meu platinun tambem foi clonado 10k em compras e 3k em saques , fiz a contestação e o pedido tabem foi negado! tenho aplicativo mastercard controle recebi mensagem de alerta de compra dia 13/09 sabado uma compra que nao realizei …. a partir desse momento tentei insistentemente ligar na central para cancelar o cartao ( a central estava fora) so consegui ligação a noite quando ja havia estourado limite . cancelei o carta as compras foram realizadas em estados diferentes e quase na mesma hora mesmo assim a caixa nega e me informou a mesma coisa que a compra foi realizada com a senha. na segunda ainda continuaram tentando comprar mesmo com o cartao cancelado…. desrespeito total com o cliente, mesmo com todas as evidencias de fraude a caixa se nega reconhecer!!! estou entrando com uma liminar para bloquear o pagamento ate que seja resolvido….a fatura ja vai vencer eles nao resolvem e eu nao quero meu nome sujo.

  16. André 23/09/2014 at 14:08 #

    Caros Amigos,

    Sugiro a todos que entrem com uma ação na justiça. Infelizmente, muitas instituições no nosso país só entendem esta forma de comunicação.

    Coisa de dois anos atrás fui fraudado. Graças a iniciativa de uma funcionária, consegui descobrir um fraudador usando meu nome para realizar compras, habilitar telefones e cartões. Entrei em contato com todas as empresas que consegui descobrir. A maioria resolveu a questão sem muita burocracia. Algumas preferiram conversar através na justiça. Estas perderam e fui restituído.

    Então, deixo a dica para vocês que não conseguirem dialogar e resolver de forma amigável o problema que tenham com seus cartões.

    Boa sorte a todos!

  17. Joanice 25/09/2014 at 15:31 #

    Meu cartão de crédito master platinum também foi clonado dias 31/08 e 01/09, foram gastos 8500,00 reais, só de
    uma tal de NOVO ATACADO foram gastos 5700,00, e outras compras em outros estabelecimentos todos em SP e eu moro no RJ e não fui a SP. No meu caso eu descobri no mesmo dia 01/09 ao verificar a fatura online, sendo que não aparecia os gastos, mas o limite estava zerado, achei estranho já que por o limite ser alto não tinha gasto todo esse valor, então entrei em contato com a central de cartões caixa e ao discriminar os gastos, percebi compras que não foram realizadas por mim, e inclusive a atendente me informou que ainda não haviam sido autorizadas, estavam pendentes, e mesmo depois de eu ter cancelado o cartão e ser emitido outro no qual se encontra bloqueado, fora autorizados as compras, fiz um registro de ocorrência na delegacia, dei entrada com o procedimento para a tal orbitall e a resposta vcs já sabem, a caixa disse que foi de minha responsabilidade as compras pois o cartão possui chip e senha. Ao meu ver acho que essas clonagens de cartão saem de dentro ou da Caixa Econômica ou da tal Orbitall, enfim, estou já com advogado entrando na justiça federal, pois não vou pagar um gasto que não é meu. Só acho um absurdo que a Caixa não se dá nem o trabalho de investigar pois, são muitas pessoas na mesma situação. Espero resolver, pois essa situação já está gerando um enorme transtorno em minha vida.

    • André 01/10/2014 at 09:39 #

      Joanice,

      Minha sugestão é uma: entre na justiça. Só assim você terá a sua situação resolvida.

      Como sugestão, anexe esta página no processo.

      Boa sorte!

      • Joanice 02/10/2014 at 13:12 #

        Andre,

        acabei de fazer isso, já coloquei o link, para entrar na justiça.

        Obrigada,
        Joanice.

    • DANIELLE 07/10/2014 at 00:02 #

      O meu tb foi clonado! Gastaram 20 mil do MC Black no Novo Atacado em SP e tb moro no Rio!!!

    • marcos fusiki 25/05/2015 at 19:10 #

      favor entrar em contato comigo, o meu cartão foi clonado e utilizaram no Novo Atacado

  18. Murilo 25/09/2014 at 21:02 #

    Também estou vivendo essa situação, tive o meu cartão e da minha esposa que é minha dependente clonados, o meu a compra foi estornada no mesmo momento devido a ser detectada pela caixa que entrou em contato comigo. Porém as compras realizada no cartão da minha esposa totalizados em torno de 15 mil reais a caixa não está querendo estornar. As compras foram realizadas nos dias 17 e 18 de setembro de 2014 e estou certo de que a fraude partiu de dentro da própria caixa econômica já que ter os dois cartões clonados em menos de uma semana seria muita coincidência. Temos que entrar na justiça já que claramente a falha foi da caixa econômica.

  19. Junior 27/09/2014 at 11:52 #

    Tive o mesmo problema, cartão turismo gold da Caixa, clonado, utilizado em Santo André e São Paulo nos dias 08.08 e 09.08, e a Caixa se recusa a fazer a devolução.

  20. Washington 30/09/2014 at 10:18 #

    Também tivemos o Cartão Visa Infinite clonado, como mesmo problema: utilizaram senha pessoal; gastos fora da região e a contestação foi negada (2x). Já fomos no PROCON onde foi aberto um CIP e já fizemos um BO. Agora encaminhamos a documentação para nosso advogado para tomar as providencias jurídicas. E já recebi carta de cobrança e se não pagar vão enviar para o SERASA.

    • Washington 30/09/2014 at 10:19 #

      Valor de R$ 40.000,00 gastos em BH.

    • André 01/10/2014 at 09:36 #

      Caro Washington,

      Tão logo seu nome seja negativado no SERASA, entre com uma ação na Justiça. Sugiro solicitar ao seu advogado que inclua uma cópia desta página, contendo o relato das pessoas e a negativa da instituição em resolver os problemas relatados pelas pessoas.

      É muito triste ver que determinadas instituições só aceitam conversa depois de serem obrigadas pela justiça a indenizar as pessoas de bem.

      Boa sorte!

  21. 01/10/2014 at 10:18 #

    Pessoal, bom dia
    Estou tento o mesmo problema com a Caixa, meu cartão é Master mas não é o Platinum.
    Fizeram compras no final de agosto, em SP, percebi poucos dias depois consultando o extrato no internet banking e entrei em contato com a CAIXA, a qual me deu a mesma resposta já supracitadas por vocês: o setor de fraude concluiu que as compras não foram fraudadas pois foram realizadas com o cartão com chip e senha, os quais são de responsabilidade do cliente. Fiquei bastante indignada com a situação, principalmente por ser a primeira vez que tenho algum “questionamento” com eles e nada adiantou em afirmar que o cartão estava comigo e somente eu tenho minha senha e que muito menos estava em SP nos dias das compras. O mais intrigante ainda é que 10 dias depois da atendente ter dito realizar o bloqueio do meu cartão, foram realizadas mais 2 compras no RJ, o cartão já sem limite, pois eu ainda não havia realizado o pagamento ainda. Diante do exposto por vocês, minha preocupação é um pouco menor pois meu limite é bem pequeno, eles extrapolaram logo na 3 compra, e a Caixa ainda me cobrou uma taxa de 15 reais por limite emergencial!!
    Diante de tudo, fiz um boletim de ocorrência e o policial me orientou a procurar um advogado, pois isso estava sendo comum e é um absurdo o banco tomar esse posicionamento. Pois bem, o advogado me deu duas opções: pagar a fatura toda e entraríamos com uma ação para que a Caixa me devolvessem em dobro (salvo engano, existe uma lei para isso), ou pagar as compras que reconheço e aguardar eles me colocarem no SERASA/SPS para que possamos entrar com uma ação contra danos morais.

  22. Gustavo 03/10/2014 at 00:20 #

    Só para atualizar o meu caso, meus cartões foram clonados no final de agosto, entrei com a contestação dia 1/9 e hoje, mais de um mês depois ainda não tive nenhuma resposta da Caixa (isso pq me deram um prazo de 15 dias para estornar as compras da minha fatura). É uma vergonha a postura do banco em relação a este vazamento de informações!

  23. Floeli do Prado 04/10/2014 at 01:10 #

    Gente!! Estou com problema no meu cartão black daCEF , o que tem me causado sérios transtornos ! Venho solicitando solução por parte deles desde maio/2014 quando contestei duas compras que não me pertenciam, depois disso já foram feitas outras compras ,as quais também contestei , e hoje ao verificar minha fatura verifiquei novas compras que não reconheço. Mandei inúmeros e mails com a contestação para contestacao.caixa@orbitall.com.br , e o pior é que alegam não terem recebidos meus e mails!! Enviei a contestação pelo correio , e também alegam não terem recebido! Não sei mais o que fazer , já passei muito nervoso por conta disso , e não vejo solução por parte deles. No meu caso a alegação é sempre a de não recebimento da contestação!! Tenho todos os comprovantes de envio!! Só agora vi que são inúmeros casos de clonagem dos cartões black, não vou esperar mais, estarei tomando providências judiciais! Já somam mais de 30 mil reais às compras contestadas!!!! Absurdo o que está acontecendo sem que a Caixa se pronuncie!! Caso de polícia!! Pior que os bandidos estão em poder de todos os nossos dados!!! Temos que nos unir!!!!

  24. DANIELLE 06/10/2014 at 23:49 #

    Também tive o meu cartão MC Black clonado. Gastaram 20 mil em compras em SP. 4 compras de 5 mil no “Novo atacado”, sendo que foi em São Paulo, numa quinta-feira, e moro no Rio. Ainda teve compra de sorvete no Morumbi e em um Posto. Todas as compras ocorreram no dia 18/9.

    • Everlan 07/10/2014 at 16:07 #

      Ao verificar todas estas postagens fiquei abismado com o posicionamento da superintendência da caixa e do setor de tecnologia (Orbitall) em não assumir a culpa, a empresa Orbitall também é outra vítima, no entanto não assumem que a tecnologia dos chips com o padrão EMV podem sim ser facilmente CLONADOS, pois se eles assumirem isso estarão dando brechas a grandes indenizações na esfera judicial. Bem pessoal está no ar na internet sites internacionais como por ex: https:v-market.name/cards que vendem informações de cartões do Brasil, como eles conseguem tão facilmente não sei, porém a demanda é muito grande o que indica que rackers internacionais podem estar por trás disso. No Brasil todo circula vários softwares que muito facilmente efetuam a gravação em cartões com chip virgens vendidos hoje no mercado nacional por cerca de R$40,00, estes chips contém uma base de programação JAVA, também conhecidos como JavaCards (Jcop21), podem ser regravados quantas vezes for necessário, o Programa (software) que implanta a informação do cartão no chip clone também tem outras características que foram implementadas pelo seu criador (Programador Desenvolvedor), como por exemplo mentir na hora da autenticação em um terminal de venda informando que a senha usada está correta, o que significa isso? Que seu cartão tem um chip chamado de inteligente, o terminal de venda se comunica com ele, na hora da operação o terminal de venda pede para digitar a senha, o falsário digita qualquer uma senha, sei lá 1234, 5673, qualquer uma, ai o terminal de vendas pergunta ao chip se está correta para fazer a autorização, o chip com o programa criminoso e com os dados do cartão de outra pessoa está programado para só dizer SIM, neste momento a compre é autorizada sem que a senha original da pessoa tenha realmente sido usada. Essas falhas grosseiras fazem parte do dia dia da computação, os grandes gestores deveriam ter vergonha dos constrangimentos causados a seus clientes e assumirem de uma vez por todas que EMV é clonável e que os cartões da caixa foram realmente clonados.
      Vejam como é cada vez mais fácil encontrar esses softwares por ai nestes links abaixo:
      http://youtu.be/5kHcHzDpBY4
      http://youtu.be/JHfL8J0-MY4
      http://www.cartonistas.net/
      Boa tarde.

  25. Gustavo 10/10/2014 at 16:20 #

    Tive meu cartão Master platinum clonado no dia 26/08 em 2 compras, uma no valor de R$ 1.500,00 e outra no valor de R$ 2.000,00. Aí entrei com uma contestação no dia 01/09 para a Orbitall (conforme orientação do setor de cartões). Então dia 10/09 eles me enviaram um email confirmando o recebimento e me dando um prazo de 15 dias para o estorno provisório destes valores. Só que já faz mais de um mês e ainda não obtive nem o estorno e nenhum retorno referente à contestação. Toda vez que tento ligar lá eles confirmam meus dados e logo em seguida derrubam a ligação, acho que das 10 vezes em que liguei lá consegui completar 3, e sempre me dão a mesma resposta de que está em análise. Não sei a quem mais recorrer.

    • andre 10/10/2014 at 17:50 #

      Gustavo, recorra a justiça. Procure um advogado e se informe.

      Boa sorte!

  26. Martinho Alencar 14/10/2014 at 06:20 #

    Está claro, pelo grande numero de postagens, que houve um problema bastante sério com os cartões da Caixa Econômica Federal. Uma forma nova inusitada de clonagem foi adotada, pois as compras foram feitas – assim a Caixa informa – presencialmente, mediante uso do cartão e da senha pessoal. A Caixa se vale disto para se eximir da culpa. É claro que alguma fraude ocorreu, ou ainda ocorre, ou será que este grande número de usuários que tiveram este problema estariam, TODOS, combinados para lesar a Caixa? Eu já preenchi e entreguei o tal “formulário de contestação” que deveria ser respondido em 15 dias, e não foi. Voltei a contatá-los via telefone e me informaram que minha solicitação pedindo que as compras não reconhecidas fossem canceladas foi indeferida. Voltei à carga e me ligaram de novo. Me disseram que iriam reabrir minha reclamação em outra instancia e que eu aguardasse 15 dias. Isto foi na sexta-feira. dia 3 de outubro. A resposta TEM que ser dada, portanto, antes do dia 18. Vou exigir, também, que qualquer que venham a me dar seja feita POR ESCRITO, pois caso seja negativa, vou entrar na esfera judicial. Vou manter o “http://meumilhaodemilhas.com/ informado do andamento do meu caso para que outros possam agir como estou agindo se tudo for resolvido.

    • Danielle 20/10/2014 at 23:03 #

      Na Internet, uma pessoa diz clonar os cartões da CAIXA e explica como!

      O meu foi clonado e agora estou com medo de realizar o desbloqueio da segunda via. Novos casos continuam acontecendo?

  27. Soraia 20/10/2014 at 23:57 #

    No meu caso foram quatro transferências, alguém sabe de algum caso parecido? Moro em Rio Branco e meu dinheiro foi transferido para a Paraíba. O atendente disse que irão responder em até 5 dias (que será daqui a dois dias), mas diante de tantos relatos começo a me preocupar!

  28. Luiz Carlos da Silva 22/10/2014 at 08:37 #

    Bom dia a todos meu cartão é Gold sem C/C e também foi clonado e como relatos acima a CEF se nega a admitir isto alegando que cartão com chip não tem como ser clonado estou no aguardo da resposta ao PROCON e se eles negarem como estou vendo que é de costume também vou á justiça e adicionarei está página ao processo porque o Banco precisa investigar corretamente ressarcir os clientes prejudicados mas não oferece nenhum suporte decente , apenas insinua através de seus atendentes que nós somos os culpados/gastões.Além de terem conseguido gastar um valor superior ao meu limite, bloqueei meu cartão em um comércio e quando consegui entrar em contato com a CEF novamente o cartão estava desbloqueado como pode isso?Eu cliente não consigo gastar um real além do limite e tenho uma burocracia enorme para desbloquear meu cartão, como esse tal conseguiu?Vou até o fim. Luiz Carlos da Silva Osasco-SP.

  29. Luiz Carlos da Silva 22/10/2014 at 08:44 #

    O valor das compras foram mais ou menos R$ 1.720,00 realizadas em dois dias 10 e 11/09/2014, incluindo parceladas nas Lojas Americanas todas em SP, com já relatei estouraram meu limite e o Banco nem pra me ligar verificando se eu estava gastando e ainda me cobram a taxa de avaliação emergencial de R$ 15,00, vou pagando o minimo da fatura até isso ser resolvido porque não posso ter meu nome negativado devido ao meu trabalho (com valoresa) mas com certeza não vou acar com os juros porque já é demais.

  30. Marcelo 24/10/2014 at 02:36 #

    Bem meu cartão MC black também foi clonado e utilizado em compras no universal studios na florida. Espero que eles não tenham a cara de pau de causar dor de cabeça pois fiz compras a tarde em sao paulo no mesmo dia e seria impossivel estar na florida 6h depois.
    Estranho é que de um dia para o outro aumentaram meu limite de compras em mil reais.
    Vou mandando as atualizações sempre que possivel sobre o caso

  31. leandro 24/10/2014 at 10:18 #

    Clonaram meu cartão master internacional, dia 10/10/14 ligaram na central, trocaram o endereço para Pq da mooca sp solicitando a 2ª via do cartão na maior facilidade possivel, dia 15/10/14 alguém recebeu o cartão com a senha onde o mesmo foi enviado como carta registrada AR, e dia 17 e 19 estouraram meu limite um prejuízo de R$2000,00 entre compras e saques.
    Liguei na central e para minha surpresa já tinham solicitado a 2ª via do meu outro cartão visa dia 08/10/14.
    Fiz o BO e estou no aguardo da solução do estorno, o delegado me informou que isso é coisa de pessoas ligadas diretamente do banco, onde vazam informações, e que está se tornando algo comum, em torno de 4 BO por dia relacionado a fraude.
    Estamos vivendo num País sem lei, sem segurança, estamos fragilizados de todos os lados, e por ser um banco federal deveria ter uma segurança de alto nivel.
    Quando tiver resposta venho comunicar.

    • LEANDRO 24/11/2014 at 13:23 #

      AINDA ESTOU SEM RESPOSTA DO BANCO, PERDERAM MINHA CONTESTAÇÃO POR ERRO SISTÊMICO, ME OBRIGANDO A REFAZER TODO PROCESSO NOVAMENTE, E NISSO TENHO QUE AGUARDAR MAIS 15 DIAS UTEIS.
      É MUITO HUMILHANTE TER QUE PROVAR QUE O ERRO NÃO É SEU.

      • Soraia 25/11/2014 at 08:59 #

        Bom dia pessoal
        Demorou, mas a caixa devolveu meu dinheiro… 30 dias.

  32. Regina 28/10/2014 at 22:18 #

    Meu cartão Caixa Mastercard Platinum também foi clonado. As compras foram feitas em S.Paulo nos dias 30 e 31/08/2014, no valor de R$ 9.500,00. Igualmente ao relatado acima, já cansei de reclamar com a Caixa, sem receber nenhuma resposta.
    Antes de entrar na justiça, vou encaminhar uma Notificação Extrajudicial via cartório; para a Caixa não alegar que eu não contestei administrativamente os débitos indevidos.

    • Martinho 29/10/2014 at 22:28 #

      Regina,

      Comigo se passou o mesmo, e no primeiro contato com o SAC do Mastercard Platinum Caixa me informaram que nas compras (+/-R$10200,00) no dia 28/8, feitas em S.André e S.Paulo, havia sido “usado meu cartão com a minha senha pessoal”.E neste dia eu estava em outra cidade do interior de SP… inclusive tenho comprovante do uso deste cartão em minha cidade neste dia! Não me conformei e procurei a Ouvidoria da Caixa. Depois de muitas ligações e discussões, finalmente recebi uma mensagem por e-mail em que eles comunicavam que haviam “suspendido os lançamentos contestados e os juros cobrados pelo não pagamento destes lançamentos” por 120 dias, período em que iriam analisar meu caso. Fiz BO e vou aguardar a manifestação deles. Caso indefiram meu pedido, vou entrar na justiça, inclusive reclamando danos morais.

  33. Ricardo 06/11/2014 at 09:00 #

    Dia 27/10, apareceram compras em um cartão que não estava utilizavando desde o começo deste ano.
    Cartão Intenacional CEF.
    Da forma que vem sendo feita, talvez alguém que trabalha na emissão/gerenciamento dos cartões faz a alteração do endereço e solicitação de cartão adicional sem que soubessemos. Esse processo não é feito dentro da CAIXA, é todo terceirizado pela Orbitall.
    Engraçado que eles mesmos constataram a fraude e avisaram, porém ainda não resolveram nada, nenhuma resposta.

    • Valeria 20/01/2015 at 12:49 #

      Estamos com o mesmo problema, um cartão adicional sem ser solicitado, enviado em outro endereço com um nome desconhecido e usaram todo o limite, antes mesmo de termos recebido o nosso cartão(titular), as faturas não vieram, no site não havia débitos, só soube quando a cobrança da caixa começou a ligar, em 27/12 a divida estava com 79 dias de atraso, e recebemos o cartão em 24/10, pela lógica o cartão adicional chegou para o indivíduo meses antes. Se as compras não apareciam no internetbank é porque eles tem acesso ao sistema. Estamos sem resposta até hoje, nome no SERASA, prejuizo financeiro pois com nome restrito você não consegue nada. Lamentável, a CAIXA não dá o mínimo de atenção, e a fraude está dentro do sistema, funcionários estão armando isso, NÃO TENHAM CONTAS E CARTÕES DA CAIXA.

  34. Ednilson 07/11/2014 at 05:28 #

    Tive o meu cartão de débito clonado é uma transferência foi feita para uma conta (da caixa ) em ilhéus na Bahia, Moro em São Luis Maranhão. Recebi a mensagem no celular. O saque foi por volta de 15:00 do dia 05/11 e só recebi a mensagem as 00:13 do doa 06/11. A algum tempo tentei fazer uma um saque em uma agência (Tropical) em fim de semana e em todos os terminais havia o retorno da informação de falha na comunicação,(que acontecia depois de informar todos os dados). Sugiro que não isistam em tentar sacar nessa situação. Liguem para o SAC e vejam s e existe o problema.

  35. Ednilson 07/11/2014 at 06:04 #

    As ocorrências devem ser registradas de preferência na Polícia Federal.

    • Viviane 08/11/2014 at 12:36 #

      Tive o mesmo problema: um pedido de alteração de endereço para São Paulo (moro em outro estado) e envio de 2ª via de cartão de crédito para desconhecidos.
      Polícia Federal, Ministério Público Federal, Justiça Federal, Serasa e SPC – importante informar a todos.
      Parabéns pelo site – ótima ajuda! Isso tudo tem me ajudado a entender melhor essa situação.

  36. Jarbas 08/11/2014 at 13:31 #

    Meu problema foi parecido, ligaram no SAC da Caixa Cartões e se passaram por mim, pediram um Cartão Adicional a minha conta em nome de um “Laranja”, mudaram o endereço de entrega, receberam cartão e senha, desbloquearam o cartão e gastaram R$ 3005,00 em 4 dias, até que o limite acabou. Liguei na Caixa, abri um processo interno me prometeram estorno em 7 dias e a resolução do problema! Ainda sim, registrei um BO, e estou estudando abrir um processo por danos morais, caso a Caixa não resolva nada!

    • Juliana 12/01/2015 at 19:41 #

      Olá Jarbas, você conseguiu resolver esse problema? Estou na mesma situação. Grata.

  37. Yuri 25/11/2014 at 09:39 #

    Resolveram meu problema depois de uns 2 meses de muitas ligações, emails, e stress. No dia que apareceram todos os estornos na minha fatura resgatei minhas milhas e cancelei imediatamente o cartão.
    Era sempre eu que tinha que ligar cobrando respostas, a Caixa nunca me deu nenhum retorno.
    Não quero nunca mais ser cliente da Caixa. Apesar de o programa de milhas do Caixa Black ser bom, o stress e falta de respeito com o cliente não tem preço.
    Estou voltando para o Banco do Brasil, que não é ideal, mas o atendimento é mto melhor.

  38. Jackeline 25/11/2014 at 12:14 #

    Olá, tive meu cartão da caixa também, mas meu caso é bastante atípico. eu recebi o acerto da empresa onde trabalhei por seis anos e deixei na minha conta poupança da caixa… como não movimento esta conta, demorei a perceber, mas durante 15 dias foram realizadas compras diversas, sobretudo em mercados, somando quase dez mil de prejuízo. Como não houve saque e as compras foram todas no comercio aqui de Campo Grande mesmo, onde moro, fica ainda mais difícil pra mim provar que não fui eu quem gastou. Já entrei na justiça, o banco alega também que as compras foram realizadas mediante cartão e senha. Em um dos dias em que foi realizado compra, eu tbm utilizei o cartão de debito. Ou seja, realmente não era com o MEU cartão que as compras foram realizadas. Pior, o gerente geral da minha agencia conseguiu ver algumas imagens e descreveu o HOMEM que fez as compras e o carro dele. Sou correntista há mais de dez anos. Fiquei extremamente constrangida com a resposta categórica da Caixa dizendo que “não houve fraude nas compras”. Mesmo o gerente vendo que as compras, em mais de um estabelecimento, foram feitas por um HOMEM. Em nenhum lugar, pelo visto, foi solicitada a documentação do titular… agora estou aguardando a justiça, sabendo que, caso o juízo não faça a inversão do ônus da prova, além de ser roubada, eu ainda posso ter q pagar as custas do banco….

  39. Anita Michelsem 19/12/2014 at 19:23 #

    Tive meu cartão de crédito da Caixa clonado também (Black). Fizeram várias compras no exterior no dia 14/12/2014, totalizando USD18.000,00. Eu não havia ligado para liberar a compra no exterior e o meu limite de compras foi ultrapassado. A própria área de segurança me ligou, dizendo estar bloqueando o cartão e que is tais valores seriam estornados no máximo em um mês. Para que precisam que a gente ligue para autorizar a compra no exterior e dão um limite de valor para compras, se um estelionatário clona o cartão e consegue transgredir todas as barreiras impostas pela segurança????? Estou muito preocupada com esta fragilidade de seguranca.

  40. Juliana 12/01/2015 at 19:33 #

    Estou na mesma situação, mudaram meu endereço e emitiram outro cartão em meu nome e outro adicional do cartão visa caixa internacional. Entro em contato por telefone na central e os funcionários derrubam a ligação. Estou tentando resolver a situação por e-mail mas está difícil. Vou fazer BO, vou no procon, e irei informar o Banco Central. Se alguém conseguiu resolver essa situação por favor informe como. Grata.

    • Vinicius 21/01/2015 at 09:10 #

      Ola Valeria, sou advogado e tenho resolvido alguns casos semelhantes. Caso tenha interesse me contate. (11) 4198.5809 ou virochasilva@gmail.com

  41. Valeria 20/01/2015 at 12:53 #

    Valeria
    20/01/2015 at 12:49 #
    Estamos com o mesmo problema, um cartão adicional sem ser solicitado, enviado em outro endereço com um nome desconhecido e usaram todo o limite, antes mesmo de termos recebido o nosso cartão(titular), as faturas não vieram, no site não havia débitos, só soube quando a cobrança da caixa começou a ligar, em 27/12 a divida estava com 79 dias de atraso, e recebemos o cartão em 24/10, pela lógica o cartão adicional chegou para o indivíduo meses antes. Se as compras não apareciam no internetbank é porque eles tem acesso ao sistema. Estamos sem resposta até hoje, nome no SERASA, prejuizo financeiro pois com nome restrito você não consegue nada. Lamentável, a CAIXA não dá o mínimo de atenção, e a fraude está dentro do sistema, funcionários estão armando isso, NÃO TENHAM CONTAS E CARTÕES DA CAIXA.

    • Vinicius 21/01/2015 at 09:08 #

      Ola Valeria, sou advogado e tenho resolvido alguns casos semelhantes. Caso tenha interesse me contate. (11) 4198.5809 ou virochasilva@gmail.com

  42. Ricardo 22/01/2015 at 09:39 #

    Estava viajando de São Paulo para o Rio Grande do Sul, e quando liguei para o meu pai informando que cheguei de viagem ele me avisou que um atendente da caixa ligou informando que tentaram realizar uma compra no meu cartão. Todavia, disse que estava em viagem é que era impossível realizar tal procedimento, entretanto solicitei o bloqueio do cartão e fiquei acompanhando na fatura, mas realizaram uma compra no mesmo dia sendo internacional 232,00 dólares (alguma coisa relacionada a financiamento), entrei em contato com os cartões caixa e disseram que bloquearam somente a função nacional e que a internacional estava aberta.
    Como pode acontecer isso estou estarrecido com a situação.
    Não sei o que fazer, pensei que todos que foram lesados fazer um video e colocar no Youtube para esclarecer a situação e mostrar para a população como esta a situação na Caixa Econômica.

  43. Zeca 06/02/2015 at 11:10 #

    O modus operandi deste golpe dos cartões Black não é simplesmente clonagem de número de cartões.
    Eu também fui vítima.
    Os caras são um pouco mais especializados.
    Eles ligaram para a Caixa (quem sabe com alguma ajuda interna), confirmaram os dados pessoais e alteraram o endereço de correspondência.
    Depois, fica fácil. Ele liga e pede segunda via dos cartões, diz que perdeu os anteriores. Ou, no meu caso, os malandros sabiam a data de vencimento próxima dos cartões e que novos cartões seriam automaticamente enviados em breve.
    Assim, eles recebem também as senhas pelo correio no novo endereço falso.
    Simples, não é?

    A falha era: antigamente, a Caixa e a Orbitall não exigiam cópia de comprovante de residência. Bastava ligar, confirmar os dados e informar o novo endereço.
    Esta era A BRECHA que os estelionatários utilizavam.
    Atualmente a Orbitall passou a requerer cópia dos comprovantes. Mudar o endereço ficou um pouco mais difícil.

    Só que no meu caso esses golpistas foram além: eles solicitaram um adicional em nome de minha irmã, que nunca foi adicional minha. Como o sobrenome dela é igual ao meu, não levantou suspeitas. O golpista se deu o trabalho de provavelmente pesquisar meu nome no google, facebook, viu minha irmã, deu google nela e achou o CPF dela também.

    MINHAS CONCLUSÕES:
    – Os cartões MasterCard BLACK e Visa INFINITE chamam muita atenção, até mesmo no exterior. Já fui clonado uma vez na Itália e imprimiram um cartão nos Estados Unidos (lá não se usa chip com senha). Já arregalaram os olhos para estes cartões em lojas em outros países tb.
    – Através dos 4 primeiros dígitos do cartão, é possível dizer se é um Gold, Platinum, Black e se é Master ou Visa. Existe uma tabela que indica isto. Fácil obter na internet esta tabela. Então, quando vc digita o número do cartão, o site já sabe que tipo de cartão é.
    – ao comprar numa loja, mesmo que o comprovante não imprima o número completo do cartão, aparecem os 4 últimos números e às vezes os 4 primeiros.
    – pronto, agora basta fazer você preencher uma ficha de cadastro e fica tudo certo, ou preencher um formulário online num site hackeado, onde você vai colocar sua filiação, endereço e CPF.
    FEITO! O estelionatário agora tem todas as informações para ligar para a Caixa, confirmar os 4 últimos números do cartão, se passar por você e alterar o endereço.

    Como a Caixa e a Orbitall não solicitavam antes de Dez/2014 cópia dos comprovantes de endereço, ficou fácil pra bandidagem mudar os endereços. Mas certamente que deve ter havido ajuda de funcionários internos.

    O Banco do Brasil trabalha com uma senha para atendimento telefônico. A Caixa deveria adotar o mesmo.

    SUGESTÕES PARA QUEM FOI VÍTIMA:
    – Contrate imediatamente o serviço de monitoramento de CPF do Serasa por exemplo (serviço MEPROJETA para pessoa física – vale a pena), assim vc vai saber se abrirem empresa em seu nome, pedirem conta telefônica, etc e tal.
    – Faça cadastro no sistema REGISTRATO no Banco Central e uma vez por mês verifique se abriram conta em outro banco em seu nome ou se abriram linhas de crétido.
    – Cuidado em formulários na internet que lhe perguntam demais (ou mesmo formulários físicos em lojas), como filiação e RG. Preencha apenas os campos obrigatórios e não é qualquer site/loja que deve pedir tantos dados. Lojas normais só precisam do seu nome, CPF, nascimento e endereço de entrega.
    – USEM o serviço dos cartões virtuais provisórios para compras online.

  44. Cliente indignada 14/02/2015 at 16:18 #

    Fui vitima de estelionato também com cartão da CEF. Pedi novo cartão de debito pois o meu cartão ainda com data vigente foi bloqueado sem minha autorização. Com isso um novo cartão que viria pelo correio nunca chegou e em 13-02-2015 quando fui a agencia receber a minha aposentadoria tive a noticia de movimentações indevidas da minha c/c. Todas compras feitas na região de Cotia, especificamente no Shopping Granja Viana de Cotia e Assai atacadista.
    Foram mais de $ 3000, 00 em compras. Só dia 9-02-2015 foram feitas 7 transações de compras. O meu perfil de correntista Não bate com esse tipo de transações em município diferente da capital de São Paulo. A CEF deveria verificar esse tipo de situação e contatar o cliente imediatamente e não o fez. Fiz BO na delegacia e estou esperando depois do carnaval um posicionamento da CEF para ser ressarcida. Caso não seja ressarcida entrarei na Justiça Federal para lutar pelos meus direitos.

  45. André 27/03/2015 at 10:22 #

    Tive meu cartão Mastercard Black Caixa clonado. Conseguiram gastar um valor mais de 2x superior ao meu limite, com poker on-line no Caesars Palace, em Las Vegas.

    Sempre tive muito cuidado com minhas informações e cartão.

    Fica evidente a participação de funcionários da adminstradora nesse esquema.

  46. valdinei 11/06/2015 at 10:53 #

    foi pres ONTEM A QUADRILHA QUE CLONAVA OS CARTOES BLACK DA CAIXA PODEM FICAR MAIS TRANQUILO
    NOTICIA NA PRIMEIRA PAGINA DO CORREIO BRASILHENSE.

  47. Elaine 14/06/2015 at 20:32 #

    Boa Noite !! Diego

    Aconteceu comigo a fraude do cartao , ja fiz a contestacao e eles me passaram um prazo de 6 meses para solucionar o assunto , parece brincadeira né , mas foi isso mesmo? e na agencia da caixa a gerente diz que la não tem nada que eles possam fazer , pois o cartao da caixa e terceirizado. , Por favor me ajude com ideias para solucionar isso.
    Obrigada

  48. Edvaldo 18/08/2015 at 23:35 #

    Eu tenho Cartão Master Black da Caixa e no dia 14/08/2015 u recebi por meio do app Mastercard Controle o aviso de 3 saques em do meu cartão em Miami Florida EUA, sendo 2 no valor de U$ 800,00 e um no valor de U$ 600,00. Liguei imediatamente para a Central solicitando o bloqueio e a contestação dos valores. Neste dia achava que estava resolvido, porém, 2 dias após apareceu mais 3 compras na mesma cidade no preço médio de U$ 200,00 cada. Liguei novamente e falei o ocorrido e solicitei o cancelamento. Eles falaram que se cancelassem não poderia contestas. Então entrei com a contestação e imediatamente fiz um BO e registrei no PROCON. Após esses passos estou resguardado, uma vez que de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o ônus da prova de que eu estava é da Caixa. Caso eles insistem no pagamento e na cobrança de juros eu posso entrar na justiça solicitando o valor em dobro. Eu tirei o cartão do débito automático e pagarei somente o valor devido.

    • Vinicius Gregorio 24/09/2015 at 20:25 #

      Segue sentença favorável obtida pelo nosso escritório com relação a cartao fraudado da CEF:
      PROCESSO Nr: 0000281-70.2015.4.03.6317 SENTENÇA
      Dispensado relatório (art 38 Lei 9099/95).
      Decido.
      Gratuidade concedida.
      No mérito, tem-se que a autora relata ser possuidora dos cartões de crédito
      finais 4854, 6479 e 9796 junto à Caixa Econômica Federal.
      Em dezembro de 2014 relata ter sido surpreendida pela existência de faturas
      inadimplidas referentes a cartões de crédito adicionais que jamais recebeu e que geraram sua
      negativação junto aos órgãos de restrição ao crédito, no valor de R$ 12.627,00 (fl. 31 da
      exordial), sendo este valor vinculado ao cartão final 6479.
      Sustentou ainda não ser possível discriminar as compras e valores que reputa
      terem sido realizadas por terceiros, eis que a ré deixou de emitir as faturas a partir do momento
      da constatação de irregularidades. Acredita que o “extravio” das faturas se deu em decorrência
      de aviso emitido pelo Banco, dando conta de que seu endereço havia sido alterado para a Rua
      Diana, 16, Vila Pompéia, São Paulo/SP (fl. 24 da exordial), local desconhecido por ela.
      Posteriormente afirmou, em contestação administrativa, que as operações
      fraudulentas são aquelas realizadas com cartões adicionais nos dias 17 e 18 de setembro de
      2014.
      Deferiu-se a liminar para exclusão das anotações e suspensão das cobranças, em
      21.05.2015, cujo cumprimento foi devidamente comprovado pela CEF.
      A CEF, por sua vez, apresentou contestação. Aduziu que a dívida é exigível,
      sendo que a negativação diz respeito a dívida regularmente contraída pela jurisdicionada,
      pugnando, igulamente, pela improcedência, no trato dos danos morais. Intimada a apresentar
      documentação necessária a provar que a autora contratou e recebeu os cartões adicionais,deixou de dar cumprimento à determinação judicial.
      O caso dos autos, à evidência, atrai o quanto inserto na Súmula 297 STJ,
      ensejando a aplicação do Código de Defesa do Consumidor, especialmente no que concerne à
      inversão do ômus da prova (art 6o, VIII, CDC). E, não tendo o Banco produzido a prova da
      entrega dos cartões, bem como da regularidade da dívida objeto da negativação, tem-se que a
      alegação da exordial há prevalecer, mormente tendo em vista gastos em nome de terceiro
      (Maria da Conceição), bem como prova da solicitação de mudança de endereço, sem
      consentimento da autora, tudo especificado na decisão que deferiu em parte a liminar
      (21.05.2015).
      No mais, ainda que se alegue incongruência em relação aos gastos impugnados e
      aqueles objeto da cobrança pelo Banco, extraio que a autora formulou Boletim de Ocorrência
      (fls. 13/14) em relação à negativação (final 6479, R$ 12.627,00), bem como efetuou
      contestação administrativa em 19/03/2015 quanto aos cartões.
      Portanto, não tendo a ré comprovado a contratação, entrega e utilização dos
      cartões adicionais de finais 9542, 0188, 4818, 3542, tenho por verossímeis as alegações da
      autora, não infirmando essa conclusão o quanto apontado pela CEF em contestação (arquivos
      39/40), quais demonstram a morosidade na solução administrativa do caso, embora apontada,
      ali, em tese, a regularização da situação da autora, em 18/04 p.p (fls. 5 do Arquivo 40).
      No tocante à controvérsia sobre a ocorrência do dano moral, sabido é que a
      indevida inclusão do nome de quem quer que seja nos cadastros de proteção ao crédito, gera
      indenização por dano moral, tratando-se aqui de damnun in re ipsa (STJ – RESP 994.943 – 4ª T,
      rel. Min. Fernando Gonçalves, j. 25.8.09). Tal abalo, por sua vez, há de ser indenizado segundo
      parâmetros de razoabilidade e proporcionalidade, à vista do fato de que não pode a verba servir
      de instrumento de enriquecimento sem causa, sem prejuízo de sua dupla finalidade (pretium
      doloris e punitive damages).
      Considerando que a parte autora foi apontada como responsável por uma dívida
      de R$ 12.627,00 (fl. 31 da petição inicial), bem como considerando a fraude em 3 (três) cartões
      de propriedade da jurisdicionada, com fraude na mudança de endereço, e a fim de não ofender
      os postulados da razoabilidade e da proporcionalidade, arbitro o valor de R$ 12.000,00 (doze mil
      reais) a título de danos morais, a saber, pouco superior a 15 (quinze) salários mínimos.
      Referido valor, a meu sentir, mostra-se adequado à espécie, no que extraio
      exorbitante o valor pretendido pela jurisdicionada (R$ 35.000,00).

      JORGE ALEXANDRE DE SOUZA
      Juiz(a) Federal

  49. Jorge Franchella 09/09/2015 at 18:29 #

    Uma vergonha o serviço da CEF. Tenho o cartão ha 3 anos. Foi clonado 3 vezes pelo menos. Na ultima oportunidade descobri na hora e consegui ligar para bloquear rapidamente. Porem como meu novo cartão de reposição não chegava, liguei para entender. Ai me informaram que devia aguardar o fim do protocolo de avaliação o que aconteceria em um prazo de 4 meses. A CEF esperava que eu aguardasse 4 meses para receber um novo cartão. Enquanto isso me cobravam anuidade. Na hora de cancelar foi um parto também. Queriam me enrolar com que por estar bloqueado o cartão não podia cancelar. Ainda estou no aguardo de confirmar que o cartão tenha sido cancelado. Não volto a utilizar nunca mais um sevicio da CEF.

Leave a Reply

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 1 Flares ×