[via De turista a viajante] Perdi o voo e a confiança na TAM

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Foi com perplexidade que li o relato da colega blogueira Silmara, do blog De Turista a viajante, sobre o desrespeito que funcionários da TAM lhe trataram num voo que saía de Porto Alegre em direção a Ribeirão Preto.

De Turista a VIajante

O relato completo pode ser lido aqui.

Em resumo: mesmo chegando ao balcão do aeroporto dentro do horário permitido para o checkin, ela foi impedida de realizá-lo pelos funcionários da própria empresa aérea, sendo obrigada a remarcar o voo (o dela e o de mais três passageiros). O preço da remarcação? Um caso de samba do criolo doido. Disseram-lhe inicialmente que seria de R$ 600 por pessoa, e depois inflacionaram o valor para R$ 1.570 por pessoa (o que daria mais de R$ 6 mil para todos os 4 passageiros). Tá loco!

É claro que ela resolveu viajar por outro empresa aérea com preços mais condizentes.

A resposta da TAM foi publicada ontem no blog dela, e foi bem evasiva.

Conclusão

Foram vários os erros cometidos pela TAM, mas o cúmulo do absurdo foi o fato de ela ter sido impedida de realizar o checkin, já que se apresentou ao balcão da empresa aérea dentro do horário permitido.

Presto aqui minha total solidariedade à Silmara, e lhe desejo todo sucesso no mundo na resolução desse caso, e que a justiça seja feita.

Tagged as: ,

11 Comments

  1. Silmara Colombo 06/08/2014 at 12:06 #

    Obrigada pelo apoio, Guilherme. Vou utilizar todos os meios possíveis para zerar o prejuízo causado pela má fé da TAM e publicarei todos os passos do processo no blog.

    • Lênio Jácome 06/08/2014 at 19:01 #

      Levando em consideração a explicação dada pela TAM, abaixo transcrita:

      “a cobrança da taxa de remarcação não é uma punição, mas apenas uma forma de poder sustentar a política de tarifas promocionais.”

      Chega-se à conclusão de que a companhia usa do artifício de forçar propositalmente o atraso do usuário para que ele venha a pagar pelos descontos que foram concedidos aos que compraram a passagem numa promoção.

      Ridículo isso. Era melhor ter dado o silêncio como resposta a ter que dar uma declaração que pouco ou nada explica e compromete o caráter daqueles que estão à frente da companhia

      • Guilherme 08/08/2014 at 13:03 #

        Pois é, Lênio, realmente lamentável essa atitude da TAM!

    • Guilherme 08/08/2014 at 13:03 #

      Estamos acompanhando, Silmara! Boa sorte!

  2. Rodrigo Resende 06/08/2014 at 22:07 #

    Isso aconteceu comigo e mais três pessoas (inclusive duas crianças de dois anos) também, em Guarulhos.
    Eles simplesmente disseram que, durante o check-in, o vôo fechou e eu, minha esposa e duas filhas fomos obrigados a ficar em GRU.

    Em princípio quiseram nos forçar a pagar diferenças para remarcar os bilhetes, mas fiz tanto escândalo no aeroporto (pois a culpa era deles) que eles recuaram e me fizeram a “liberalidade” de transferir para o próximo vôo (que era no dia seguinte) sem nada pagarmos. Mesmo assim, peguei todas as notas e ajuizei uma ação de danos materiais e morais contra a TAM, elencando todos os nomes dos funcionários envolvidos.

    • Guilherme 08/08/2014 at 13:04 #

      Lamentável esse episódio, Rodrigo!

      Depois nos conte o resultado do processo pra gente.

      Abç!

  3. Silmara Colombo 20/09/2014 at 14:07 #

    Guilherme, hoje postei no blog o último capítulo dessa revoltante história. O final não foi feliz, mas está me fazendo mal lidar com tanta falta de caráter e não quero chafurdar na lama. A estratégia da empresa é vencer pela canseira e dá certo, eu realmente cansei.
    http://migre.me/lNaaT

    • Guilherme 20/09/2014 at 18:02 #

      Olá Silmara,

      Melhor mesmo não chafurdar na lama.

      Lamentável essa postura negativa dos funcionários da empresa, preferem perder clientes, em vez de conquistá-los.

      Felizmente, há empresas aéreas melhores no Brasil, para as quais você certamente dará preferência.

      Abç

  4. Silmara Colombo 07/02/2015 at 10:37 #

    Guilherme, deixei o processo correr e finalmente, depois de 6 vezes, recebi o reembolso do prejuízo que tive. Agradeço imensamente pelo apoio. Abraços. http://migre.me/owReT

    • Guilherme 07/02/2015 at 16:40 #

      Legal, Silmara, fico feliz de que tenha conseguido reaver o que pagou. Parabéns!

      A persistência na luta pelos direitos afinal sempre acaba sendo recompensada.

      Abraços!

Trackbacks/Pingbacks

  1. [via De turista a viajante] Uma amostra de como a TAM vem tratando seus clientes… :-( | Meu Milhão de Milhas - 22/09/2014

    […] post [via De turista a viajante] Perdi o voo e a confiança na TAM, tínhamos reportado o caso da colega blogueira Silmara, sobre o desrespeito que funcionários da […]

Leave a Reply

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×